sábado, 26 de julho de 2008

Um cheiro!

Adoro cheiro de café, de pipoca, de bebê. E o cheiro de um perfume alemão de nome impronunciável. Cheiro de Azzaro que apesar de ser tão comum, sempre me lembra uma mesma pessoa. E de Jazz, que nem sei se ainda existe, mas é o cheiro das minhas melhores lembranças. Cheiro de talco, de brigadeiro, de livro novo. Cheiro de alfazema, de almíscar, de baunilha. Cheiro de amaciante num lençol limpinho. Alho e cebola na frigideira, tinta guache, eucalipto, sândalo, lírio. Cheiro de piscina domingo de manhã. De acarajé, bala de melão, pizza e pão quentinho. Diva, o perfume favorito da minha vó. Bala de maçã verde, Giovanna Baby, e shampoo Vital Ervas. Adoro cheiros. Mas não gosto de cheiro de carro novo, nem de gasolina, que tanta gente acha bom. E aquele cheiro de terra molhada quando chove? É tão poético dizer que gosta dele... eu nunca gostei. Como se eu sempre soubesse que o cheiro não é da terra, é dos fungos. Definitivamente, não nasci mesmo pra poesia.


E você, gosta do cheiro de quê?

7 comentários:

Andressa disse...

Rapaz, nem sei, vô pensar mais sobre isso. Mas pra dizer assim rápido, eu gosto de cheiro de gasolina !

Leila disse...

Bom, diferente de vc gosto de cheiro de carro novo e de gasolina. :)

Francis disse...

Rapaz, é bem mais fácil pra mim dizer os cheiros que eu não gosto dos que eu gosto.
E assim no momento não me veio nenhum cheiro que eu goste que não seja obvio e que não seja pornográfico...

:P

Tio Lillo disse...

tem coisa melhor que cheiro de sala de dentista, ehehe, cheiro de eugenol (óleo de cravo).
http://tiolillo.blogspot.com/

carol disse...

do shampoo do meu cachorro Dog Gabbana

eu não sou marinheiro disse...

SEU cheiro. Eu gosto!
e cheiro de carro novo é bom sim, só você que não gosta.

caró disse...

cheiro de carro novo me dá dor de cabeça... prefiro cheiro de taxi q tem aquele odorzinho de mofado, misturado com aquele "perfume que evapora", aquele q tem esponjinha...